Loading...

quinta-feira, 2 de junho de 2011


DESAFIANDO GIGANTES - A HISTÓRIA (COMO TUDO COMEÇOU)
Nunca Desista, nunca volte atrás, nunca perca a fé. O poder da crença proporciona a habilidade de vencer.
Nos seus seis anos como técnico de futebol americano de uma escola, Grant Taylor (o ator que faz esse papel é o próprio diretor do filme) nunca conseguiu levar seu time Shiloh Eagles a uma temporada vitoriosa. E ao ter que enfrentar crises profissionais e pessoais aparentemente insuperáveis, a idéia de desistir nunca lhe pareceu tão atraente. É apenas depois que um visitante inesperado o desafia a acreditar no poder da fé que ele descobre a força da perseverança para vencer.
O filme, uma iniciativa da igreja Sherwood Baptist Church, em Albany (EUA) é considerado o maior sucesso do cinema cristão dos últimos anos. Agora, os responsáveis pelo projeto decidiram fazer um balanço da iniciativa. E a informação mais importante é que mais de 3 mil pessoas enviaram e-mails para a igreja dizendo que entregaram suas vidas para Jesus depois de ter assistido ao filme.
Rodado com uma única câmera e com elenco e equipe de 500 membros voluntários, ”Desafiando Gigantes” mostra uma história atual e com uma linguagem clara a cristãos e não-cristãos. Resultado: filmado com o orçamento pífio de cem mil dólares, já faturou mais de dez milhões. Nos EUA, ficou em cartaz em mais de mil cinemas por 17 semanas. No total, a produção está disponível em 57 países, 10 idiomas e em todos os continentes. Além disso, foi exibida em cruzeiros da Disney e em vôos das Linhas Aéreas Turcas - detalhe: a Turquia é majoritariamente islâmica.
A idéia de fazer o filme surgiu depois que a liderança da Sherwood tomou conhecimento de uma pesquisa que mostra que filmes têm uma influência maior na sociedade do que as igrejas. Em entrevista, o pastor da congregação, Michael Catt, disse que um dos elementos mais importantes na realização do longa-metragem foi a oração. ”Tudo foi feito em oração”, disse. Entre as realizações de “Desafiando os gigantes” estão:
- Depois do fim de semana de estréia, alcançou o primeiro posto no ranking do Yahoo por seus usuários;
- A famosa revista americana Sports Illustrated o incluiu na lista dos 10 melhores filmes esportivos do ano;
- O filme está sendo apresentado internacionalmente em igrejas, escolas e prisões;
- O filme foi ranqueado como o sexto mais vendido nos EUA após seu lançamento;
- A Assembléia Legislativa da Georgia homenagou a produtora e a Igreja pelo impacto positivo do filme.
”Somos responsáveis por ser verdadeiros com nosso público em nossos futuros projetos, afirma o Pr. Catt. Queremos ser cristãos de fato. Não queremos dizer às pessoas para ser boas, queremos encorajá-las a ser justas e retas. Não podemos e não vamos comprometer o Evangelho para fazer sucesso”, conclui."

Nenhum comentário:

Postar um comentário