Loading...

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Profº e Jornalista Nilo Capelo Sobrinho faleceu em São Paulo




Foto: Juvenal Moreira
alt
Profº e Jornalista Nilo Capelo Sobrinho ao lado de sua Esposa  Profª Ruth Emília,  Gelre, oportunidade que foi homenageado no dia do Cerimonialista, na Câmara de Vereadores de Três Lagoas, 

I
O Jornalista e Profº   Nilo Capelo Sobrinho, faleceu no sábado em São Paulo. Ele se recuperava de uma operação no coração no Incor e acabou entrando em óbito por complicações. Nilo era de Brasília e desde os anos 80 se encontrava em Três Lagoas e atuava na área jornalística como Assessor na Prefeitura Municipal. Ele foi o Assessor de Imprensa nos governos de Miguel Tabox, José Pedro Batiston e Issam Fares e ultimamente era catedrático na Rede Municipal de Ensino como professor de História, lotado na Escola Municipal Parque São Carlos, período noturno.. Formando pela UNB em Jornalismo e História pela UFMS Nilo era um entendido em política e história do Brasil. Casado e pai de dois filhos Nilo deixa saudades. O seu corpo foi transladado para Três Lagoas e sepultado no(26/09) domingo no Campo Santo (Cemitério Santo António)  Nós colegas de trabalho aproveitamos o ensejo para prestar nossas condolências à família!

Com informação Jornal da WEB 10

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Horário de verão começa em 17 de outubro

Divulgação

 


 

 
O Ministério de Minas e Energia informou nesta quarta-feira (15) que o horário de verão terá início em 17 de outubro deste ano e se estenderá até 20 de fevereiro de 2011.
O governo lembrou que o decreto presidencial número 6.558/2008 determina que a temporada para ajustar os ponteiros do relógio deve ter início no terceiro domingo do mês de outubro, prolongando-se até o terceiro domingo de fevereiro do ano subsequente.
"A norma possui o objetivo de conscientizar a população em relação ao aproveitamento da luz natural, além de estimular o uso, de forma racional, de energia elétrica. Na prática, o adiantamento do horário em uma hora diminui o carregamento nas linhas de transmissão, subestações e nos sistemas de distribuição, de forma que, o atendimento em épocas de maior consumo ocorra com maior eficiência", informou o Ministério de Minas e Energia, por meio de nota.
O horário de verão é válido para as regiões Centro-Oeste, Sul e Sudeste do país. Em todas as regiões onde foi aplicada a medida contabilizou-se uma redução média na demanda de aproximadamente 5%, acrescentou o governo.
Outros paísesSegundo o Ministério de Minas e Enerrgia, atualmente há vários países que fazem mudança no horário convencional para aproveitar a luminosidade do verão. Entre eles, estão os países membros da União Européia, a maioria dos países que formavam a antiga União Soviética, a maioria do Oriente Médio (Irã, Iraque, Síria, Líbano, Israel, Palestina), parte da Oceania (Austrália, em parte do seu território, e Nova Zelândia), a América do Norte (Canadá, Estados Unidos e México), alguns da América Central (Cuba, Honduras, Guatemala, Haiti e Bahamas) e da América do Sul (Brasil, Argentina, Paraguai, Uruguai e Chile).
O governo lembra que boa parte dos países que adota a medida está situada nas regiões consideradas como tropicais, como o Brasil e o Paraguai, na América do Sul, Cuba, Honduras, Guatemala e Haiti, na América Central, o México, na América do Norte, a Austrália, na Oceania, o Egito e o Marrocos, na África. Acresenta que, nos Estados Unidos, a medida se consolida no chamado “Daylight Savings Time”, que começa normalmente no primeiro domingo de abril e dura até o último domingo de outubro.
Norte e NordesteSobre a não aplicação do horário de verão nos estados do Nordeste e Norte, o Ministério de Minas e Energia lembra que experiência demonstrou que a aplicação do horário de verão é mais efetiva quando abrange "regiões geo-elétricas mais definidas". Acrescenta que a opção pela aplicação nas regiões Sul e Sudeste/Centro Oeste justifica-se pelos "melhores resultados alcançados", e por se constituírem estes mercados na maior parte da carga do país."A sua aplicação nos submercados Norte e Nordeste não foi recomendada devido aos pequenos benefícios estimados nas avaliações do Operador Nacional do Sistema Elétrico – ONS", acrescenta o governo. Os fundamentos de aplicação do horário de verão, segundo o Ministério de Minas e Energia, mostram que "quanto mais próximo aos trópicos tal aproveitamento é mais intensivo e quando se afasta destes e se aproxima da linha do Equador, se reduz o aproveitamento, tendo em vista a menor intensificação da luz natural ao longo do dia, no verão".

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Profissionais da REME são selecionados para Especialização em Educação Infantil
Os candidatos selecionados para o curso de Especialização em Educação Infantil, promovido pela Plataforma Freire, do governo federal, participaram na manhã desta sexta-feira (3) de uma reunião na Universidade Federal do Mato Grosso do Sul – UFMS, campus I, onde foi finalizada a implantação do curso.
Participaram da reunião o coordenador da Área de Programas e Projetos Educacionais da SEMEC, Urbano Rodrigues Azambuja; a coordenadora geral da UFMS, Regina Aparecida Marques de Souza; a coordenadora do curso em Três Lagoas, Ana Paula Espindola, entre outros professores que ministrarão o curso.
Os selecionados foram professores e coordenadores da Rede Municipal de Ensino (REME), pessoas ligadas a Educação Infantil e ex-alunos da UFMS, para as 46 vagas.
A especialização será ministra na UFMS, as sextas-feiras no período noturno, e aos sábados em período integral, por mestres e doutores na área, e terá duração de um ano e meio totalizando 480 horas, com aulas presenciais.
Para a coordenadora geral da UFMS, Regina Aparecida Marques de Souza, a Educação Infantil é um dos pilares da educação básica: “a Educação Infantil é a primeira etapa da Educação Básica, por isso é um sonho a realização desta especialização onde os envolvidos com a Educação Infantil serão qualificados com o estudo, a pesquisa e a reflexão, por que devemos olhar diferente o aluno à nossa volta”, explicou a coordenadora.
O Mato Grosso do Sul foi o estado com maior número de vagas na qualificação. Foram 520 vagas com 13 turmas em 11 pólos: Três Lagoas, Campo Grande, Coxim, Aquidauana, Corumbá, Dourados, Ponta Porã, Naviraí, Nova Andradina, Chapadão do Sul e São Gabriel d’Oeste.
Na próxima semana será divulgado o local e horário de inscrição para os selecionados.

Matérias da Especialização

História da infância e da Educação Infantil.
Políticas de Educação Infantil.
Identidade profissional e o trabalho docente na Educação Infantil.
Seminário de pesquisa I: História em produção de pesquisa na Educação Infantil, I e II.
Cotidiano e trabalho pedagógico na Educação Infantil, I, II e III.
Processo de aprendizagem e desenvolvimento e Educação Infantil, I e II.
Seminário de pesquisa II, produção de T.C.C. (Artigo Científico)
Orientação e acompanhamento de trabalho de conclusão de curso, I, II e III.
Seminário de encerramento.

Lista de aprovados para especialização

Ana Maria da Silva Antunes
Célia de Oliveira dos Santos
Cláudia Aparecida de Souza
Danielle Cristina Marques Gomes
Danielly Caetano de Abreu
Davis Patrick Rodrigues da Silva Assunção
Edna Luciene da Silva Ribeiro
Edimair da Silva Souza
Elisandra Gomes dos Santos
Elisangela de Souza Diniz Silva
Fabiano da Silva Araújo
Geísa Maria Martins
Gláucia dos Santos Lemes
Heliety Alves Antiqueira
Ione Mateus da Silva
Ivani Barboza Montalvão
Jaqueline Freitas Azevedo
Juliana Cristina Bocato
Juvenal Moreira
Karciely Alencar Onça
Katia Cilene Moreira Mendes
Leiliane Francisca Freitas da Silva
Luciana Cordeiro da Silva
Luciana Petroni Antiqueira Chirzostomo
Lucimar Tábua Carrasco
Maria Angélica Cangussu Sorge
Maria da Consolação do Nascimento
Maria das Graças Matias dos Santos
Mariane Pinheiro Gomes
Nathália Gonçalves Cerqueira
Neuza Inácio da Silva
Oliria Sandim de Andrade Zuque
Priscilla Garcia de Freitas
Regina Aparecida Gonçalves
Regina Santos Gobi Tavares
Semy Elias Rombola de Freitas
Silvana Nogueira Martins
Sueli Trindade Fernandes
Suzana Garcia Mendes
Wagner Roberto Rocha de Souza

Ex-alunos da UFMS

Cecília Belisse Specht
Cláudia Pinto Batista de Almeida
Juliana Bernardi Petek
Maria Ângela Bessão de Assis
Valdecir Alves do Nascimento
Célia Maria Pereira Burgel


Lista de espera – caso haja desistência até o final da primeira disciplina

Daniele dos Santos Cruz
Sandra Bernardes de Souza
Rosângela dos Santos
Rosimar Ferreira de Freitas Queiroz
Aparecida Dóris da Silva
Maria Ligia Barbosa Marcelino
Mônica Marques ferreira
Marilane Souza Verneck dos Santos

Professores de Educação Fisica comemoram seu dia no Balneário Publico Municipal em Três Lagoas

O dia do professor de educação física é comemorado todo dia 1º de setembro, em todo o país. A data de comemoração coincide com o mesmo dia da regulamentação da profissão, por meio da lei federal 9.696, de 1998.


Professores participaram de atividades lúdicas
Professores realizando atividades de aquecimento e recreativas
No dia do profissional de Educação Física, atendendo solicitação da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, através do Professor Mario Grepan Neto (Secretário), todos os profissionais lotados na REME, compareceram no Balneário Municipal, para comemorarem o dia, com palestras e atividades recreativas, visando uma total integração entre os mais diversos profissionais.
Serginho e Noze no tira tema em uma partida de pimbolim
Erika, Princesa e o Brito
Segundo  a coordenadora dos professores de educação física da REME, Inozemar de Souza Fraga, a comemoração  em prol ao dia do Professor de Educação Física já é realizada há cinco anos em Três Lagoas, pela Secretaria Municipal de Educação, juntamente com a equipe de professores que organizou diversas atividades no Balneário. “Hoje já tivemos uma palestra com o Psicólogo Dr. Sidney, sobre a auto estima e em seguida uma sobre motivação profissional”, disse Noze 
Brito, Cilene Gilmar

Hagem, Serginho e Ronaldão, do São Carlos
Valquiria e Marleninha do Tidico
No local, os professores iniciaram a comemoração com uma ginástica laboral realizada por um educador físico e um fisioterapeuta. Em seguida, a psicóloga Denise Ribeiro Ribas realizou uma dinâmica com os professores sobre a auto estima. 
Dicão, Marcinho, Fernando, Vereador /Professor Nuna Viana e Pipoca
Aqui temos professores que não trabalham somente na rede municipal, mas também em escolas do Estado e particulares. Mesmo com tanto trabalho, eles precisam estar sempre motivados”, Ressaltou Inozemar.
Nilce e Marleninha Bezerra, trocando idéias com suas amigas

Sinuca foi uma das atividades praticadas no dia do Professor de Educação Fisica
Profº Dione
Arlindomar e Adriano tomando uma bem gelada
Marco Aurélio e Bruno Fernandes, do São Carlos
Cristiane, Hagem e Ronaldão, ambos lotados na E.M.Parque São Carlos

No período da tarde, o grupo participou de jogos amistosos nas modalidades de vôlei, futebol, futsal e jogos de mesa

quinta-feira, 9 de setembro de 2010


Fotografado o neurônio da Dillma!

Que horror!!! Isto é uma vergonha!!!


A candidata a presidente pelo PT, Dilma Rousseff, foi fotografada em Campo Grande, segunda-feira, utilizando um adorno no ouvido, além dos brincos. Trata-se - segundo noticiou um blog local, assinado por Valfrido Silva - de um "ponto eletrônico", que permite a quem o utiliza ouvir instruções de outra pessoa, talvez um assessor ou assessora.
Vejam o presidente Lula ao lado da companheira Dilma. É claro que ele sabe que aquele “adorno” no ouvido da candidata é um ponto eletrônico. Sabe e aprova porque sabe também que ela é incompetente e incapaz de um simples raciocínio lógico.
Os fatos contra a boneca de ventríloquo Dilma se acumulam, mas o eleitorado prefere o abismo. Pois bem: 

depois não se façam de vítimas, de que não foram avisados.